NÃO SE IMPORTE COM QUE OS OUTROS VÃO PENSAR, SEJA VOCÊ MESMA!

Conselhos de uma Duff!

Eu estava naquele momento SONO X TÉDIO e fui procurar algo no Netflix até pegar no sono. Sinceramente “EU” não dava nada pro desenrolar da história, mas acontece que me interessei, o tema foi o bulling que ocorre com maior frequência na adolescência, me veio lembranças então do ensino fundamental entre o ensino médio e como isso atinge tantos jovens.

O filme relaciona um pouco dessa realidade no estilo americano e qual a melhor forma de fazê-lo parar, o que pouco as pessoas procuram ver é em quantas garotas e garotos estão passando exatamente por isso neste momento. Eu mesma já tive essas neuras e ainda me restam algumas outras, afinal todos temos, mas aprendi que certos pensamentos são desnecessários.

O fato é que no filme (The D.U.F.F. – 2015) Bianca é uma menina baixinha, gordinha, inteligente e básica, enquanto suas amigas se destacam e chamam a atenção por onde passam. Quem se aproxima dela, se aproxima pelo fato de querer saber sobre suas amigas e não sobre ela. Quando ela percebe isso pede ajuda ao mesmo amigo que “cantou a bola” de que ela era uma D.U.F.F. (Amigo Designado Gordo e Feio)! A partir do momento que ela passa a ser ela mesma com ele, ocorre em um envolvimento natural e eles acabam se aproximando cada vez mais. 

Em si ele detalha uma abordagem da vida adolescente com nossas neuras, medos e realidade, no colégio, faculdade, ações em grupo no geral que vai ter sempre quem quer se destacar e quem se apaga por “N” fatores.

Acredito que todos têm coisas positivas para abraçar, o segredo é não se importar com o que as pessoas de fora pensam ou falam, porque no final ninguém está se importando com você apenas por dizer o que pensa a maioria das criticas externas acontecem porque as pessoas sentem necessidade de se sentir bem e precisam machucar o outro para se sentir melhor!

No meu período de colégio fui mais gordinha, faltava muito e era mais restrita, quando você é diferente, isso assusta as pessoas, eu sei como é, mas isso não te dá permissão de contraí-las, de julgar ou ironizar, é está tensão desnecessária que ocorre, tive problemas em me enturmar sim, eu havia perdido pessoas queridas que mesmo eu não acreditando que era o momento delas irem, elas se foram.

Eu estive do lado de dentro desse mundo por muito tempo, fui taxada de apelidos e de que não seria capaz de ser alguém. Mas o que é ser alguém na adolescência? Perder a cabeça e fazer coisas desnecessárias? Ou esse julgamento vem apenas por que alguém opinou demais? (Nunca é tarde para ir atrás do que acredita) Vi e ouvi falsas amizades, mas hoje estou aqui, não melhor que elas, apesar de muitos permanecerem sem nenhuma evolução. Vim para ser melhor por mim mesma o que é ainda mais importante, me desafiar e me vencer, essa é minha maior luta.

Por este motivo “The DUFF” me cativou, pelo simples fato de que existem rótulos e tabus que devem ser quebrados, palavras também machucam ainda mais pessoas que já estão fragilizadas por outros assuntos.

Não se deixe abater por algo que a outra pensa sobre você, o importante é saber quem você é e quem quer ser daqui para frente. Se você não arriscar, ninguém vai por você, por que o mundo te abastece de falsas crenças e opiniões, mas quem muito fala é quem menos corre para si.

Não seja quem está correndo DE si próprio, seja quem está correndo PARA si próprio. Alimente-se da vida e viva porque ela é linda!

Você assim como eu já passou por alguma situação do gênero? Me conte! Divida conosco!

E quer um conselho? Não ligue para a certas opiniões desconstrutivas, elas não devem ter número e você não deve ter tempo!

Opinião Direta de Uma Tagarela de Plantão

Beijos, Nai. 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s